CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
 
Entrada > Dicionário > C > Catar Piolhos
 

 

Catar Piolhos

 

Acto de procurar e matar piolhos na cabeça de uma pessoa. Numa altura em que os actos de higiene pessoal eram deficientes, motivados muito provavelmente pela falta de água canalizada no domicílio das pessoas e de certos hábitos culturais, a infestação das zonas pilosas e sobretudo do couro cabeludo por piolhos era bastante frequente. Na ausência de meios terapêuticos eficazes contra esta parasitose ou na ausência de disponibilidade financeira para os adquirir, o meio mais frequentemente utilizado no seu combate era procurá-los por entre os cabelos com os dedos e, ao encontrá-los, matá-los. Para o efeito, periodicamente, habitualmente ao sábado ou domingo, tinha lugar a cata aos piolhos, ou seja, a procura dos piolhos, tarefa feita, naturalmente por outra pessoa, dada a impossibilidade da pessoa parasitada fazê-lo a si própria. Para o efeito ambas as pessoas assumiam posição de sentadas, devendo aquela que iria catar ficar numa posição mais elevada, por forma a ter uma visão completa da cabeça da outra.

Habitualmente utilizavam as soleiras das portas, ficando a pessoa a catar sentada no chão e a que catava sentada na soleira.

Assumidas as posições correctas dava-se início ao trabalho. Os cabelos eram minuciosamente separados e percorridos pelos dedos e olhar atento do "catador". Quando algum piolho era encontrado, tendo em conta a sua posição era espremido e morto através da pressão da unha do dedo polegar contra o couro cabeludo ou então espremido e morto entre as unhas dos dedos polegares da mão direita e esquerda. Outras vezes, o piolho era preso entre o indicador e o polegar arrastado para fora do cabelo e depois morto entre as unhas dos polegares da mão direita e esquerda.

O mesmo processo acontecia com as "lendias", os ovos geradores dos piolhos, estas no entanto mais difíceis de se separar dos cabelos.

Uma outra forma de retirar os piolhos da cabeça era a utilização dos "pentes de marfim". Estes pentes, extremamente rígidos, inicialmente de marfim, daí a sua denominação, ou de material equivalente, apresentavam intervalos minúsculos entre os dentes, o que fazia que quando eram passados pela cabeça, arrastavam os piolhos situados nos ou entre os cabelos, piolhos esses que depois eram apanhados numa toalha ou pano e mortos um a um entre as unhas dos polegares.

Naturalmente que a passagem do pente de marfim, arma imprescindível na cata aos piolhos era sempre feita, senão para arrastar os piolhos vivos, pelo menos para arrastar aqueles que no decurso da cata havia sido mortos e não haviam sido extraídos.

   

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

1