CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z  
 
Entrada > Dicionário > F > Fonte Frade
 

 

 

Fonte Frade

 

Fonte Frade é um dos sítios que constituem a freguesia do Jardim da Serra.
Ainda que nada haja escrito sobre a origem da sua denominação, nem se saiba, ao certo, o momento a partir do qual, passou a ser assim conhecido, a tradição popular, nos dias actuais, tantas vezes relegada para o esquecimento, dá-nos neste caso, importantes informações.
Com efeito, analisando o significado das palavras que compõem a denominação deste sítio, facilmente se chegará à conclusão que a sua origem estará relacionada com uma fonte e com um frade e, na realidade é o que nos conta a tradição, que transmitida oralmente ao longo dos tempos, de geração em geração, chegou até aos nossos dias.
Diz o povo que, tendo um dia, não se sabe quando, um dos frades do convento de São Bernardino, em Câmara de Lobos, se apaixonado por uma donzela, ter-lhe-á feito um filho.
Quando o seu pecado foi descoberto, foi expulso do convento e refugiou-se com a sua amada, nas serras do Estreito de Câmara de Lobos, num lugar isolado e longe do povoado, mas hoje perfeitamente identificado e situado nas proximidades do lugar conhecido por Cruz.
Constituindo a água um bem indispensável à sobrevivência do homem, o frade haveria de construir o seu refúgio junto a uma nascente, que com o evoluir dos tempos e com a necessidade de melhor individualização relativamente a outras, passou a ser conhecida como a fonte do Frade, denominação que mais tarde viria também a designar uma área mais ou menos extensa e circundante dessa nascente.
E na realidade, apesar de hoje o sítio ser conhecido por FONTE FRADE, encontramos tanto no século passado como nos primeiros quartéis deste, referências ao sítio da FONTE DO FRADE.
Um outro aspecto curioso é que ainda hoje existem várias famílias, não só no sítio da Fonte Frade, como no Luzirão e Cova dos Alhos, que são conhecidas pelos FRADES, apesar desse epíteto não constar dos seus nomes.
Este facto vem assim confirmar aquilo que o povo, através da transmissão oral, fez chegar até aos nossos dias, ou seja que na realidade, nesta localidade ter-se-á fixado um frade com o produto do seu pecado, frade esse que deixou não só o seu nome ligado à toponímia local, mas também geração  .

 

 

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

Câmara de Lobos, sua gente, história e cultura