CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z  
 
Entrada > Dicionário > H > Henriques, João Joaquim Gonçalves
 

Genealogia dos NUNES PEREIRAS de Câmara de Lobos

ver §2º.

 

No §2º. n.º10, a árvore genealógica dos "NUNES PEREIRAS"  refere D. Vicência Lucina de Barros casada com João Joaquim de Freitas Henriques, quando o correcto deverá ser João Joaquim Gonçalves Henriques, como consta do respectivo assento de casamento L.º 3146, fls.24, 1874, Câmara de Lobos.

 


Henriques, João Joaquim Gonçalves

 

João Joaquim Gonçalves Henriques era proprietário, natural da freguesia de Câmara de Lobos, onde nasceu ao sítio do Garachico a 29 de Novembro de 1836 [1], tendo falecido ao sítio do Caminho Grande e Ribeiro da Alforra, no dia 9 de Agosto de 1895, aos 59 anos de idade. Era filho de António Joaquim de Freitas Henriques, proprietário, natural do Estreito de Câmara de Lobos e de Ana Júlia de Freitas Henriques, natural da freguesia de Câmara de Lobos e casados na capela de Nossa Senhora do Bom Sucesso, no Estreito de Câmara de Lobos, no dia 14 de Dezembro de 1835 [2].

Era neto paterno do Ajudante Joaquim Gonçalves de Freitas Henriques e de Maria Lúcia, naturais do Estreito de Câmara de Lobos. Era neto materno do Capitão António Gonçalves Henriques [3], falecido por volta de 5 de Abril de 1866 e de Ana Rita Henriques [4], naturais de Câmara de Lobos e residentes no sítio do Garachico.

Casou na igreja de São Sebastião, em Câmara de Lobos, no dia 26 de Novembro de 1874 com Vicência Lucina de Barros Henriques,  filha de Francisco Nunes Pereira de Barros e de Luísa Maria Teresa de Barros e natural da freguesia de Câmara de Lobos, onde nasceu por volta de 1856, tendo falecido no Funchal a 16 de Abril de 1940 aos 84 anos, de quem teve:

1.  João Joaquim Henriques, solteiro e falecido sem deixar descendentes.

1.  Francisco Eduardo Henriques, solteiro e falecido sem deixar descendentes. Juntamente com seu irmão, João Joaquim Henriques, foi o fundador da firma vinícola, Henriques & Henriques Vinhos, S.A.

1.  António Eduardo Gonçalves Henriques, que casou, em São Pedro, em 1913 com Isabel da Conceição Carvalho Klut, filha de Carlos Alberto Klut e de Maria Isabel de Carvalho, tendo falecido no Funchal no dia 26 de Outubro de 1973. Teve:

2. João Klut Henriques, que casou com Maria Teresa Mimoso Perestrelo de Aragão Henriques, filha do Dr. Paulo Perestrelo de Aragão, natural de São Pedro e de Leonor de Vasconcelos Bettencourt Mimoso, natural da Sé, de quem teve:

3.  Maria Luísa Aragão Klut Henriques, (Maria Luísa de Aragão Henriques de Araújo) que casou com o Eng. Eduardo Malheiro Henriques de Araújo, filho do Eng.º António Henriques de Araújo e de Beatriz Malheiro de quem houve geração.

3.   José Manuel de Aragão Klut Henriques

3.   Paulo Manuel de Aragão Klut Henriques. Casou com Ana Maria Rodrigues Pereira de Barros Aragão Henriques

 

João Joaquim Gonçalves Henriques, tomou posse de presidente da Câmara Municipal de Câmara de Lobos no dia 2 de Janeiro de 1886, fazendo parte do elenco camarário: Luís Soares de Sousa; João Figueira da Silva; João Baptista Araújo; Manuel Pinto de Abreu Macedo; Luís Augusto Mendes (vice-presidente) e José Figueira de Araújo.

No ano seguinte, mais precisamente no dia 2 de Janeiro de 1887, o elenco camarário presidido por João Joaquim Gonçalves Henriques dá lugar a um outro chefiado pelo Dr. Francisco Eduardo Henriques.


 


[1]     Registo paroquial de baptizados de Câmara de Lobos, Livro 305, fls. 20vº.

[2]  Para além de João Joaquim Gonçalves Henriques, eram filhos de António Joaquim de Freitas Henriques e de Ana Júlia de Freitas Henriques: António Joaquim de Freitas Henriques, que casou com Maria Henriqueta de Barros Henriques e foi notário de Câmara de Lobos entre 1867 e 1890; Tibúrcio Maurílio Henriques, que casou, no dia 22 de Junho de 1872, na freguesia do Estreito de Câmara de Lobos com Matilde Carlota Henriques, filha de António Gonçalves Henriques, natural de Câmara de Lobos e de Matilde Adelaide Henriques, natural de São Pedro;  Manuel Justino Henriques, que casou e Maria Amélia Henriques Gonçalves que casou com Carlos Augusto Gonçalves, natural do Campanário (?)

[3]     Eram filhos do capitão António Gonçalves Henriques (CMCL - Reg. Testamentos, L.º 3, pg. 18): Ana Júlia de Freitas Henriques, que casou a 14 de Dezembro de 1835 com António Joaquim de Freitas Henriques; Tibúrcio Justino Henriques, que casou com Tomásia Matilde Henriques, de quem não teve geração, mas tendo uma filha chamada de Carolina Matilde Henriques, em resultado de uma sua ligação com Jesuína Rosa do Estreito de Câmara de Lobos, filha essa que viria a casar com um primo, o Dr. Francisco Eduardo Henriques, filho António Gonçalves Henriques, irmão de Tiburcio Justino Henriques; António Gonçalves Henriques, que terá casado com Matilde Adelaide Henriques, de quem teve pelo menos um filho, o Dr. Francisco Eduardo Henriques; Luís Agostinho Henriques, solteiro e Luisa Nascisa Henriques, que terá sido casada.

[4]    Eram irmãs de Ana Rita Henriques, casada com o capitão António Gonçalves Henriques (CMCL - Reg. Testamentos, Lº 2, pg. 22V: Maria Justina Henriques, solteira; Vitorina Narcisa Henriques, solteira; Justina Rita Henriques, solteira e Joaquina Luisa Henriques, casada com Luís Soares de Sousa.

 

 

 

 

 

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

Câmara de Lobos, sua gente, história e cultura