CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
 
Entrada > Dicionário > R > Reduto da Praia do Vigário
 

 

Reduto da Praia do Vigário

 

Infra-estrutura de defesa da costa de Câmara de Lobos, localizado na margem esquerda da foz da ribeira do Vigário.

Ainda que não tendo conseguido sobreviver à erosão do tempo, a sua presença é testemunhada, no início do século XIX, por Paulo Dias de Almeida que, ao fazer uma descrição de Câmara de Lobos, refere que tem um pequeno reduto ao lado da ribeira do Vigário, com uma peca de calibre 7 reprovada, e o dito reduto abatido  [1].

A este propósito convirá recordar que o livro de património da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, possui em 1878, a referência, como propriedade da Câmara, ainda que em mau estado de conservação, de uma casa térreo no sitio do lugar de Câmara de Lobos, à ribeira do Vigário que outrora servira de vigia.

Em 1907, o Heraldo da Madeira numa reportagem que publica sobre Câmara de Lobos também dá conta da existência deste reduto [2].

É provável que a sua destruição completa se tenha verificado a quando de um dos primitivos alargamentos do actualmente denominado largo da República.



[1]        DRAC. Visitas Guiadas. Vila de Câmara de Lobos, Julho de 1983.

[2]               O Heráldo da Madeira, numa reportagem sobre o concelho de Câmara de Lobos, na sua edição de 2 de Junho de 1907, faz referência a um reduto situado na margem esquerda da ribeira do vigário a que dá o nome de reduto de São Sebastião.

 

 

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas