CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
 
Entrada > Dicionário > R > Restaurante Espada Preta
 

 

 

Restaurante Espada Preta

 

Aberto no dia 9 de Novembro [de 2006], o restaurante Espada Preta, situado à entrada da cidade de Câmara de Lobos, junto às Piscinas das Salinas, é já uma referência no panorama gastronómico da nossa Região. Este dia será certamente recordado pelos proprietários como o culminar de um sonho. Conforme sublinhou Danilo Reis, o projecto representa um percurso feito com muito empenho e paixão, e aos poucos reconhecido por quem é mais importante: Os clientes.

Ideal para quem pretenda saborear uma refeição num ambiente tranquilo, associado a um serviço atencioso por parte dos profissionais que ali trabalham, o Espada Preta reúne argumentos mais do que suficientes para uma visita.

Espaço: Ao visitar este restaurante, descubra toda uma série de elementos que conjuga o bom gosto e a qualidade. A entrada, um belo jardim faz as honras da casa. A estrutura arquitectónica do edifício chama a atenção, e a expectativa de que o interior corresponda ao exterior cresce desde logo. A decoração moderna e despretensiosa, com bom gosto e muito bem pensada, compõe um dos restaurantes mais agradáveis daquela cidade. Possui uma sala de refeições com capacidade para 70 pessoas, que tem como cenário a bela baía de Câmara de Lobos. A cidade fica a escassas dezenas de metros, ligada pela promenade, proporcionando, assim, um belo passeio até uma das zonas mais agradáveis de Câmara de Lobos,

após, claro, a excelente refeição no Espada Preta! E pode deixar o automóvel no parque de estacionamento do restaurante, que tem capacidade para cerca de 150 lugares.

O menu tem para nos oferecer uma gastronomia cuidada. Inclui uma enorme variedade de peixes e honra as nossas tradições gastronómicas, sugerindo o pargo, a garoupa, a abrótea, a cavala, o goraz, o atum. Também se pode deliciar com os pratos diversificados que o peixe-espada proporciona. Directamente das nossas águas, o peixe fresco é preparado de uma forma simples: Grelhado, frito e ainda peixe envolvido em sal, cozido ou assado no forno. E proposta, adicionalmente, uma série de especialidades da casa, nomeadamente o arroz de polvo, arroz de marisco, feijoada de mariscos, esparguete negro com camarão e polvo, açorda de mariscos. Mas antes de deliciar-se com os muitos pratos disponíveis, que tal provar umas entradas? Os petiscos são variados e passam pela dobrada, o atum de escabeche ou o gaiado seco.

É preciso viver com paixão aquilo que se faz. Talvez por isso a experiência de desfrutar de uma refeição neste espaço seja tão gratificante[1].


 

[1] Notícias da Madeira, 23 de Novembro de 2006.


 

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

Câmara de Lobos, sua gente, história e cultura