CÂMARA DE LOBOS - DICIONÁRIO COROGRÁFICO

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z  
 
Entrada > Dicionário > F > Faquista
 

 

 

Faquista

 

Ainda que mais característico do Estreito, o epíteto de faquista encontra-se associado tanto aos habitantes da freguesia do Estreito de Câmara de Lobos como da freguesia de Santo António.

No Estreito, as cenas de agressão com utilização das chamadas "armas brancas" vêm de longa data e valeu o rótulo de "faquistas" aos seus habitantes. A primeira descrição, que temos conhecimento, de uma agressão mortal ocorrida na freguesia, data do início do século XVI.

Naturalmente que não é só no Estreito que ocorrem crimes ou cenas de violência sangrenta. Noutras freguesias da Madeira isso também acontece. Aquilo que se verifica, é que, no Estreito, parece haver uma certa propensão para resolver eventuais diferendos pessoais, recorrendo à violência e sobretudo, o que não ocorre com tanta intensidade noutros locais, recorrendo à ajuda de objectos cortantes. Devido a este facto, cenas que passariam despercebidas, aqui ganham importância de notícia, e ultrapassam as barreiras geográficas da localidade, de forma que, para a generalidade dos madeirenses o nome do Estreito cedo se associou a este tipo de agressão.

 

Câmara de Lobos

Dicionário Corográfico
Edição electrónica

Manuel Pedro Freitas

Câmara de Lobos, sua gente, história e cultura